Colégio Verbo Divino

Colégio Verbo Divino » Fique Por Dentro » Notícias » Aluna do CVD é a única menina do RJ premiada na Olimpíada Brasileira de Física

Notícias

18/05/2018

Aluna do CVD é a única menina do RJ premiada na Olimpíada Brasileira de Física

Aluna do CVD é a única menina do RJ premiada na Olimpíada Brasileira de Física

O Colégio Verbo Divino está em festa! Na terça-feira, 15 de maio, a aluna Ana Clara Kozlowski Caravieri, da 1ª Série do Ensino Médio, recebeu uma medalha pelo brilhante desempenho na Olimpíada Brasileira de Física de 2017. A cerimônia de premiação foi realizada no campus da UERJ no Rio de Janeiro. Ela foi acompanhada pelos pais, pela diretora executiva do CVD, Flávia Real, pela professora Sumara Melo e pelo educador Toninho Soares. No estado do Rio, dos 6800 alunos que se inscreverem para a OBF, poucos chegaram à terceira fase e apenas 46 foram aprovados no exame final. Ana Clara foi a única menina desse seleto grupo e também a única representante de todo o sul fluminense. "Estubei bastante e estava confiante, mas confesso que não esperava chegar tão longe, estou muito feliz com esse prêmio", disse a estudante.

Ano passado, ela fez as provas do Nível 1, que compreende alunos do 8º e 9º do Ensino Fundamental. A primeira e a segunda fase da OBF 2017 foram em maio e agosto, respectivamente. Essas provas foram aplicadas nos colégios. Aprovada nas duas etapas, Ana Clara seguiu para o Rio de Janeiro, onde fez os testes da terceira fase na UERJ, no dia 07 de outubro, junto com os outros classificados em todo o estado. Pela manhã os candidatos participaram de avaliações práticas relacionadas à mecânica e eletricidade. À tarde foi aplicada uma prova com 10 questões discursivas. Foram premiados os alunos que alcançaram pelo menos 60% dos pontos nos exames. A pontuação final não é divulgada, bem como a ordem de classificação entre os 46 premiados.

Para obter esse excelente resultado, Ana Clara tem como única fonte de conhecimento as aulas no Colégio Verbo Divino. "Não faço aula particular nem qualquer outro tipo de curso extra voltado à Física. Acredito que essa premiação é fruto do meu empenho, pois estudei muito em casa os conteúdos de sala de aula, combinado à qualidade de ensino do colégio, que sempre nos deu uma boa base para que pudéssemos alcançar nossos objetivos", disse a aluna, orgulho da professora de Ciências e Laboratório, Sumara Melo. "Eu já esperava uma boa colocação, porque ela é muito dedicada nos estudos, é uma aluna brilhante", disse a professora, destacando ainda a eficácia do método do CVD adotado nas aulas de Física e Ciências. "Tenho convicção de que só atingimos resultados como esse porque somos uma escola que combina teoria e prática. O professor Rafael ministra o conteúdo e eu reforço com a prática no Laboratório. Desde que começamos essa parceria marcamos presença nas premiações da OBF", concluiu Sumara.

Agora, a expectativa é para mais um prêmio na OBF desse ano, que será mais difícil para Ana Clara por abordar conteúdos do Ensino Médio. A primeira prova foi aplicada no dia 10 de maio. E ela está otimista. "Estou estudando como sempre, quem sabe não conquistamos mais uma medalha?". Alguém tem dúvida de que ela é capaz?

A Olimpíada Brasileira de Física

Realizada com turmas do 8º Ano do Ensino Fundamental à 3ª Série do Ensino Médio de escolas públicas e privadas de todo o Brasil, a Olimpíada Brasileira de Física é um programa da Sociedade Brasileira de Física (SBF). Tem como principais objetivos despertar e estimular o interesse pela Física, proporcionar desafios aos estudantes e aproximar a universidade do Ensino Médio, além de identificar os estudantes talentosos em Física, preparando-os para as olimpíadas internacionais e estimulando-os a seguir carreiras científico-tecnológicas.
 

Fotos
cvd.online